Siga-nos

Perfil

Expresso

O imbróglio americano

  • 333

Ontem, sem querer saber dos resultados finais, mas antecipando o que provavelmente vai acontecer, Hillary Clinton autonomeou-se a candidata do partido Democrata. Do lado Republicano são cada vez mais as pressões sobre a direção para apoiarem Trump e terminarem com as divisões internas, aproveitando deste modo a guerra entre Hillary e Sanders

Não sei se já alguém interiorizou totalmente o perigo de uma vitória de Trump. Mas o certo é que, por estranho que pareça, contra Hillary ele tem mais possibilidades de vencer do que contra Sanders, que é muito mais à esquerda. E porquê? Porque Hillary é a personificação do sistema de Governo (não pode ser mais, já foi primeira dama e membro do Governo de Obama) contra o qual Trump luta. Sanders, por sua vez sempre foi um crítico desse sistema, um outsider que muitas vezes se apresentou como independente e ainda agora se afirma socialista.

O imbróglio americano é este: se Hillary, como tudo indica for nomeada, o partido Democrata pode ser derrotado. Mas se avançar Sanders, então teremos todo o establishment americano ameaçado. Não sei, sinceramente, o que será pior.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)