Siga-nos

Perfil

Expresso

E o enriquecimento ilícito?

  • 333

Finalmente, ufff, defendo uma causa de esquerda? Ou não será ainda esta uma causa da esquerda? Acho que é mesmo. Exorto o nosso Governo tão lesto a repor o que foi tirado a controlar o que pode ter sido roubado. Com uma lei que há em tantos países que se lhes perde a conta: a criminalização do enriquecimento injustificado, ou ilícito

A ideia voltou-me pela 20ª vez, pelo menos (ando a defender isto ainda estávamos no tempo de Guterres) quando li que a Autoridade Tributária (AT) tem dificuldades “associadas ao levantamento do sigilo bancário ou à aplicação de métodos indiretos a este segmento de contribuintes”. Qual é o segmento? É aquele que tem mais de 25 milhões de euros em património ou mais de cinco milhões em rendimento.

Pois é, querida Autoridade, comigo nunca há dificuldades. Mesmo por engano, e com um vago pedido de desculpas e sem ressarcimento, me congelaram as contas bancárias. É um vexame querer tomar um café e não ter dinheiro; ir ao multibanco e não conseguir levantar; telefonar ao banco e dizer que está tudo penhorado pela AT.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI