Siga-nos

Perfil

Expresso

Uma boa medida de Costa. Porquê só esta?

  • 333

O Governo, e pela voz da sua pessoa mais autorizada, o primeiro-ministro, anunciou que vai levar à prática algo que tinha prometido na campanha. Só isto é de saudar. Acontece que esse algo é uma medida política de grande alcance e de não menos bom senso: fazer aprovar no Parlamento, e por maioria qualificada, a realização de grandes obras

Por isso, parabéns António Costa! Trata-se de uma enorme alteração aos nossos hábitos e de uma vasta compreensão de que há políticas que são transgeracionais e multi-legislatura, ou seja que abarcam várias legislaturas e Governos e por isso devem ser aprovadas pelo maior número possível de representantes do povo; no mínimo por uma maioria qualificada.

Mas, caro António Costa, se nas obras públicas se aplica uma medida deste alcance, fico a pensar se o mesmo não se devia aplicar a temas que dizem ainda mais respeito à vida das pessoas. Refiro-me à Educação, à Saúde e à Justiça.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI