Siga-nos

Perfil

Expresso

Ninguém se preocupa se o PS ‘syrizar’?

  • 333

Andam uns militantes do PS, certamente cheios de boas intenções, com medo que o PS ‘pasoke’ (isto é fique como o PASOK) caso viabilize um governo da coligação. Eu fico abismado. Porque me parece que há quem, com medo da ‘pasokização’ prefira a ‘syrização’. Ou mesmo a, pura e simples, destruiçãoAndam uns militantes do PS, certamente cheios de boas intenções, com medo que o PS ‘pasoke’ (isto é fique como o PASOK) caso viabilize um governo da coligação. Eu fico abismado. Porque me parece que há quem, com medo da ‘pasokização’ prefira a ‘syrização’. Ou mesmo a, pura e simples, destruiçãoAndam uns militantes do PS, certamente cheios de boas intenções, com medo que o PS ‘pasoke’ (isto é fique como o PASOK) caso viabilize um governo da coligação. Eu fico abismado. Porque me parece que há quem, com medo da ‘pasokização’ prefira a ‘syrização’. Ou mesmo a, pura e simples, destruição

Nada tenho contra o PS (concedo que às vezes parece, mas isto é como o amor e o ódio), mas tenho muito contra aquilo em que o PS se tornou nos últimos anos. A entrada de pessoas que estavam melhor no Bloco de Esquerda; a quantidade de gente que se aproveitou da idade avançada de Soares para se legitimar e legitimar as suas ideias; o número infindo de ‘donos’ do PS que não podiam com a ‘anémona’ de Penamacor e as suas vitórias poucochinhas e agora cantam loas à derrota cheiinha de António Costa, causa-me uma certa indisposição.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI