Siga-nos

Perfil

Expresso

Costa com todos

  • 333

Uns são a favor da Europa, do Euro, do Tratado Orçamental, da Nato, da austeridade, do défice baixo, da menor intervenção do Estado e da competitividade dos salários, o que significa ganhar menos. Os outros opõem-se às políticas europeias, duvidam do Euro, são contra a Nato, são contra a austeridade, não ligam ao défice, querem crescimento através da ação do Estado e querem aumentar os salários mais baixos e os impostos sobre as fortunas. Com quem pode o PS entender-se? A resposta oficial é que não sabe… vai ver depois de “conversas sérias” com cada um dos partidos

As conversas sérias com cada um dos partidos vão resultar para o PS numa confusão, que advém da falta de clareza nos seus objetivos próprios. Embora o PS possa estar de acordo com premissas de um lado e de outro, quais as que mais valoriza? O PS pode aceitar a saída da Nato ou do Euro? Claro que não! Nem sequer pode fugir ao Tratado Orçamental e às metas europeias do défice e por isso Mário Centeno e outros espremeram as meninges. Mas Costa finge que pode falar com ambos os lados. O que lhe vai acontecer?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI