Siga-nos

Perfil

Expresso

Podemos falar a sério sobre os lesados do BES?

  • 333

É revoltante que haja pessoas, sobretudo idosos e emigrantes, que tenham confiado, de boa-fé, as suas poupanças a escroques que as utilizaram em projetos falidos. Seria desejável que tal fosse impossível (como seria desejável não haver gatunos, carteiristas, assassinos e burlões). Porém, em todas as sociedades há malfeitores e é o facto de o crime ser veloz do que a lei e a polícia que obriga as sociedades a ter esquemas sancionatórios e não apenas preventivos. E isto leva à pergunta difícil: que tem o Governo, que lida com dinheiro dos contribuintes (a grande maioria dos quais nem poupanças consegue ter) a ver com isso com os lesados do BES? Antes que se indignem, vamos por partes.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI