Siga-nos

Perfil

Expresso

O pecado já não mora ao lado, mas nas nuvens…

  • 333

A quebra de segurança de um sítio de Internet onde se promovia a infidelidade conjugal saltou para as primeiras páginas de todo o mundo. Ashley Madison, o nome do site, representando por uma bonita mulher com o dedo à frente da boca em sinal de silêncio, foi o que se pode considerar violado de modo a que 9,7 gigabytes de informação foram de lá retirados e os nomes de 33 milhões de membros expostos online por um grupo de hackers auto intitulado The Impact Team.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI