Siga-nos

Perfil

Expresso

Se eu fosse como Varoufakis também votava não!

  • 333

Há um momento trágico, como é próprio na Grécia. É durante o debate parlamentar, quando o novo ministro das Finanças, Euclides Tsakalotos, depois de fazer uma catarse sobre o acordo com o Eurogrupo, criticando o que, do seu ponto de vista, há de errado no documento, declara: não haver alternativa. O momento é trágico, porque a grande crítica da esquerda às sucessivas decisões de outros governos perante a Europa era a de que havia sempre alternativa e eles iam mostrar precisamente isso. Foi assim com Hollande, com Renzi e, depois, em versão radical, com Tsipras. Mas todos se renderam, pelo que é errado bater apenas no governo grego…

Curiosamente um ex-membro do Governo de Atenas, Varoufakis, elevado à categoria de pop star, não concorda com o sucessor. E votou contra o acordo. Seguramente não por ele ser mau, porque isso Tsakalotos e Tsipras já o haviam dito. Provavelmente fê-lo por entender que havia uma melhor alternativa. Qual?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI