Siga-nos

Perfil

Expresso

Porto Rico: a Grécia de Obama

  • 333

O presidente do EUA tem pressionado a Europa e a Grécia a chegarem a acordo. O seu interesse é óbvio, uma vez que a Grécia, além de parte da União Europeia é membro da NATO e está na linha da frente de vários conflitos – desde o da Ucrânia aos do Médio Oriente. Acontece que Obama tem a sua própria Grécia que espera uma resoluçãoO presidente do EUA tem pressionado a Europa e a Grécia a chegarem a acordo. O seu interesse é óbvio, uma vez que a Grécia, além de parte da União Europeia é membro da NATO e está na linha da frente de vários conflitos – desde o da Ucrânia aos do Médio Oriente. Acontece que Obama tem a sua própria Grécia que espera uma resolução

A Grécia de Obama é Porto Rico, um estado associado que é território dos EUA depois de, em 1917, o Jones Act dar aos porto-riquenhos (contra a vontade dos seus representantes) a cidadania americana. (A questão tinha a ver com o recrutamento para a Grande Guerra, em que os EUA se tinham envolvido). O certo é que depois de muitas questões políticas e, até, algumas revoltas, hoje a ilha das Caraíbas (e sem grande problema geoestratégico) é considerado um Estado Livre Associado dos EUA, o que permite a Washington legislar sobre matérias fundamentais como a moeda, as relações externas, a defesa, as comunicações, as finanças, as regalias sociais, e muito mais aspetos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI