Siga-nos

Perfil

Expresso

O que nos dizem 170 esqueletos?

  • 333

A História da Europa mudou. Não pensem que falo da crise, da relação da Rússia com a Ucrânia, das negociações da Grécia com Bruxelas ou mesmo dos problemas turcos. Foi mesmo a História longínqua que mudou com o que revelaram 170 esqueletos, recolhidos desde Espanha até à Rússia. E dirão: isso é importante? Claro! Se quisermos e nos dispusermos a ter a noção perfeita da nossa origem comum e, simultaneamente, da nossa insignificância

Cientistas da Universidade de Copenhaga e da Universidade de Harvard foram os responsáveis por um trabalho de campo inédito: recolher ADN de esqueletos com milhares de anos espalhados um pouco por toda a Europa. Com esse ADN sequenciado (o maior estudo do género feito até hoje) comparam-no com ADNs modernos e retiraram as suas conclusões espantosas. Vamos a elas:

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

PS – Parto para África, de onde volto no dia 23. Até esse dia, inclusive, esta crónica não se publica. Os meus melhores votos para todos.