Siga-nos

Perfil

Expresso

Brincos de cereja

Vídeo de Gisele Bundchen em lingerie pode ser interdito no Brasil

O anúncio em que a manequim brasileira Gisele Bundchen ensina as mulheres a dar más notícias aos maridos não é do agrado de algumas brasileiras
 

A nova campanha de lingerie de Gisele Bundchen para a marca brasileira Hope está a gerar controvérsia no Brasil. No vídeo, Gisele usa os seus atributos físicos - e os da própria lingerie, claro - para não entrar em problemas com o marido por lhe ter batido com o carro e estourado com o limite do cartão de crédito. O slogan é: "somos mulheres  brasileiras - use o seu charme" e baseia-se na ideia que há duas formas, uma certa e uma errada, de dar más notícias ao companheiro...

Ora quem não gostou muito do anúncio foram os membros da Secretaria dos Direitos para as Mulheres, da Presidência da República do Brasil, que, após algumas queixas, consideram que o comercial contém "conteúdo discriminatórios das mulheres', ao encorajá-las a usar o seu 'encanto' para controlar as reações dos seus parceiros. Sendo assim, querem ver interdita a exibição do vídeo por ser depreciativo da figura feminina. A marca Hope já se defendeu, afirmando que "de nenhuma maneira deve ser encarado como depreciativo da figura masculina; seria absurdo para nós, que vivemos das escolhas da mulher, fazer alguma coisa para desvalorizar o prejudicar o nosso consumidor."

CLIQUE AQUI  PARA VER O VÍDEO! 

 Clique em "Activa" para aceder à página inicial do site da revista

Siga-nos no Facebook!