Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

100 reféns

"Cristoteca" - discoteca da Igreja, e porque não um festival de Verão?

  • 333

Tiago Mesquita (www.expresso.pt)

"Proporcionar aos jovens uma "diversão santa" durante a noite é o objectivo da "Cristoteca", espaço de dança que não esquece a oração e a evangelização. A ideia, que foi concebida pela Aliança de Misericórdia, comunidade católica originária do Brasil, está a dar os primeiros passos em Portugal." Site Agência Eclesia

A insistência na "aparição" de alguns jovens em espaços de diversão noturna com terços pendurados no pescoço sempre foi, para mim, um mistério do Senhor. Estava longe de adivinhar que é afinal malta que frequenta a  "Cristoteca".

"...esta iniciativa visa cativar os jovens para um convívio cristão, saudávelsem bebidas, consumos e extravagancias que normalmente acontecem nas discotecas normais". Pois é, como todos sabemos a Igreja Católica não é nada dada a extravagâncias, consumos e acontecimentos fora do normal. Aliás a luxúria "é uma cena que não assiste" à Igreja Católica, de todo.

A "Cristoteca" começa geralmente com uma missa, às 20 horas. A pista de dança, abre geralmente uma hora mais tarde, servida por "Cristodrinks", bebidas sem álcool. As entradas são gratuitas e não há consumo obrigatório". Os Franciscanos podem ficar descansados que é quase tudo "à pala". A máquina de preservativos podia disponibilizar (a troco de um euro para ajudar na construição de uma pista especial para festas da espuma) hóstias mágicas benzidas pelo padre Borga. Dez horas de transe apostólico garantido. Se alguma rapariga aparecesse grávida entretanto seria por obra e graça do Espírito Santo, obviamente. A organização não se responsabilizaria mas canalizaria o processo para a paróquia da área de residência.

Segundo contou à Agência Eclesia Vanessa Bueri, missionária brasileira da Aliança de Misericórdia: "durante a noite, far-se-á a "evangelização corpo a corpo": "abordamos os jovens enquanto eles dançam e se divertem, para poder falar um pouco de Deus com eles", refere a missionária. Quem o desejar, poderá participar no dia seguinte num encontro espiritual e formativo (...)"

Ou seja, depois de uma evangelização "corpo a corpo"  promovida por uma "missionária" com Deus "no meio de nós" segue-se um after-hours se a coisa estiver bem encaminhada. Importa fazer a ressalva que a aparição da Cristoteca teve a estreia marcada em agenda para 18 Julho de 2009, mas espero sinceramente que esteve evento seja rapidamente transformado num festival de Verão. Um verdadeiro Rock in Rio de fiéis. Um verdadeiro "Alive" da Cova da Iria. Para Vanessa Bueri "é preciso proporcionar uma experiência de tal maneira intensa, que os jovens não tenham vontade de ir para outros espaços de diversão."

Parece-me bem e deixo uma sugestão para DJ residente da "Cristoteca": o padre Frederico. DJ FRED, se preferirem. Este senhor proporciona "uma experiência de tal forma intensa que os jovens não têm vontade nenhuma de ir para outros espaços de diversão". Aliás, não têm vontade de fazer absolutamente nada. Só mesmo saltar de um precipício. Ou ser empurrados.

 

Na página oficial do 100 Reféns no Facebook juntam-se pessoas que gostam e que não gostam, que odeiam e que adoram, que veneram e que detestam, mas que não são indiferentes a este blogue do Expresso. Dê um passo e junte-se a nós. Clique no link para aceder à página do 100 Reféns no Facebook.