Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

A legislação laboral é o segredo mais bem guardado do Governo

Depois de alguns anos de aparentes cedências – num processo em que o PS acertou com os parceiros parlamentares várias reversões e reposições de rendimentos –, há muita gente que se espanta com a inflexibilidade com que o Executivo olha para as alterações à lei laboral, decididas em sede de concertação social.

As alterações não agradam no seu todo aos restantes partidos (nem sequer ao PS), mas provocam um maior incómodo à esquerda, com o Bloco e, em particular, o PCP a defenderem que podem ser um retrocesso em termos de direitos. Um dos pontos mais relevantes é a questão da precariedade, seja nos contratos de muito curta duração, seja no aumento do período experimental. As críticas alargam-se aos bancos de horas por acordo e à taxa para as empresas que apresentem maior "rotatividade", que o PCP considera ser uma legitimação do trabalho precário.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)