Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

A minha comissão de inquérito

Não gosto de usar esta coluna para plasmar os meus desejos ou pequenas obsessões. Mas hoje vou abrir uma exceção, para pedir a minha Comissão de Inquérito de sonho. Não o faço com nenhum objetivo político, nem porque tenha na mira a pessoa A ou o ex-ministro B. Na verdade, parto do princípio de que o objeto da “minha” Comissão de Inquérito seria embaraçoso para todos os partidos que andaram ou andam pelo governo, para muitas instituições, técnicos, consultores, advogados e bancos de investimento. E, claro, jornalistas, porque nós não somos inocentes nesta história.

A “minha” Comissão de Inquérito não precisa de ter um nome pomposo nem conclusões muito duras, basta mesmo que tenha como objeto todos os estudos feitos nas últimas décadas sobre a construção de um aeroporto, as previsões da evolução do tráfego, os pontos expectáveis de rutura e os cenários económicos traçados. Na verdade, a comissão até teria um lado cómico, porque é impossível que alguém consiga ver estudos sobre a rutura iminente da Portela nos anos 90 sem se rir. Mas também tem um lado trágico, sobretudo quando se somar o valor de todos os estudos encomendados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)