Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

A dança das sanções

  • 333

Portugal livrou-se ontem de sanções imediatas de Bruxelas. Ou melhor, viu essa possibilidade ser adiada uns meses. Ou talvez um ano, ninguém sabe ao certo. Por um lado pede medidas adicionais, por outro valoriza algumas reformas, ao mesmo tempo que desconfia dos números e valoriza outros pontos. É confuso? É, mas esse é mesmo o objetivo europeu: o de ir mudando ligeiramente sem pôr as questões essenciais em causa.

O problema deste processo de comunicação é que, além de ser confuso, cria enorme confusão ou surpresa. Mas, é preciso reconhecer, não é nada fácil de alterar. É que, enquanto um governo fala para o seu eleitorado e para os seus problemas e valores, a Comissão Europeia tem que tentar equilibrar demasiadas visões quase incompatíveis.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)