Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

A nova esquerda, de Évora a Madrid

  • 333

Ontem o Podemos anunciou um acordo histórico com a Izquierda Unida (IU). Os dois partidos mais à esquerda no espetro parlamentar espanhol vão juntos a eleições, numa decisão com consequências políticas importantes e eleitorais ainda mais evidentes. Primeiro porque o Podemos reduziu muito o espaço natural da IU e isso torna-os adversários naturais; segundo, porque a lista conjunta pode ser claramente favorecida pelo método de Hondt.

O assalto ao poder do Podemos ganha assim uma nova força, apesar do partido ter recuado nas intenções de votos de boa parte das sondagens publicadas em Espanha nos últimos meses. O partido terá, aparentemente, sido prejudicado por não ter facilitado a viabilização de um governo socialista e, sobretudo, por fazer depender qualquer acordo de um referendo sobre a independência da Catalunha.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)