Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

O PCP precisa de espaço (e de tempo)

  • 333

Não vale a pena perder muito tempo a analisar a derrota eleitoral que o PCP teve nas Presidenciais. O resultado fala por si e cria embaraços políticos e financeiros totalmente desnecessários ao partido. O PCP podia ter apoiado com extrema facilidade Sampaio da Nóvoa - como, pelos vistos, uma boa parte do seu eleitorado fez -, mas preferiu medir forças e segurar eleitorado. Não conseguiu nem uma coisa nem outra e ficou com um problema. Mas nada do que correu mal pode ser corrigido com movimentos bruscos.

Em primeiro lugar, porque é um partido extremamente organizado e planificado; depois, porque é o partido a quem menos interessa ir a votos já. Paradoxalmente, o PCP precisa de vincar as diferenças em relação ao governo, mas não a ponto de o deitar abaixo.

É perfeitamente natural que a contestação sindical e social aumente nos próximos tempos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI