Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

O sinal errado de Sérgio Monteiro

  • 333

Caso o Banco de Portugal esteja esquecido, Sérgio Monteiro ainda é secretário de Estado do Governo da República. E caso Sérgio Monteiro esteja esquecido, o Governo de que faz parte ainda está em funções. E caso as duas partes estejam esquecidas, um dos processos de venda de ativos que pior correu nos últimos anos foi o do Novo Banco.

Começou torto e nunca se endireitou, a ponto de ter falhado sucessivamente numa estranha gestão de calendário que quase passava por cima da campanha eleitoral, à medida que, aquilo que parecia ser fácil e indolor para os bancos do sistema e para os contribuintes, se foi transformando num processo difícil e potencialmente muito caro. Sérgio Monteiro é um profissional à prova de bala e arranja emprego onde quiser. Por isso mesmo devia ter recusado esta tarefa. O bom senso ditava que seguisse a sua vida sem ir ajudar o Bando de Portugal a resolver um problema que nasceu com dedo político.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI