Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Ré em causa própria

Adelina Barradas de Oliveira

A toga

  • 333

Este fim de semana um grupo de amigos teve o prazer e fez questão de oferecer a toga a uma jovem futura advogada.

Faculdade terminada, Erasmus feito em Itália, Mestrado a finalizar e exames na Ordem dos Advogados com notas excelentes.

Lembrei-me então das palavras do Dr. Galopim de Carvalho que, perguntado se achava que ainda se justificava o uso da Toga respondeu: "Redondamente, não! E voz corrente entre os cidadãos que o tribunal já não é um local de respeito e de Justiça. Está sim, a ser visto como uma instituição de profissionais habilidosos onde se ganha ou se perde. Neste lamentável panorama, já não se justifica o seu uso".

Depois de algumas palavras amigas a nossa menina envergou a toga e, quando ela acabou de nos dizer o que lhe ía na alma eu tive a certeza de que o Dr Galopim de Carvalho queria dizer era que é urgente vestir a Toga.

Cada vez mais faz sentido que se vista e que se use. O tribunal ainda é um local de Justiça e de respeito.

Urge, vestir a Toga, urge envergar as Becas.

 

ACCB