Siga-nos

Perfil

Expresso

O rebolar de Robert Enke (não de Neymar)

Se este é o Mundial dos guarda-redes, como se diz por aí, então é altura de lerem ou relerem "Robert Enke – Uma Vida Curta Demais” (Lua de Papel). Através da condição contra-natura do guarda-redes, este livro de Ronald Reng aborda a depressão e o suicídio. Já abordei esse lado negro numa crónica do mês passado. Hoje quero salientar o lado mais luminoso e até estético do guarda-redes. A parte do rebolar, por exemplo. O rebolar de Enke era o oposto do rebolar de Neymar, isto é, era uma necessidade bela ou um belo necessário (escolham).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)