Siga-nos

Perfil

Expresso

Senilidade e bom senso

Comparada com o nosso tempo, a década de 90 foi um paraíso de liberdade e racionalidade no debate. Naquela altura, uma figura conservadora podia ter uma visão crítica da NRA (lóbi das armas) sem ser apelidada de “esquerdista”. Falo por exemplo de Warren Burger, juiz do supremo nomeado por Nixon, que nos anos 90 defendeu uma visão apertada da segunda emenda. John Paul Stevens (outro ex-juiz do supremo; nomeado por Ford) diz o mesmo hoje em dia e, apesar das suas origens republicanas, é visto hoje em dia como um perigoso esquerdista.

Isto revela bem o desnorte e o radicalismo da atual direita americana. Um conservador clássico é visto como um traidor ou como esquerdista.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)