Siga-nos

Perfil

Expresso

Trissomia 21: a hipocrisia do “todos diferentes, todos iguais”

É o mantra do tempo: todos diferentes, todos iguais; toda a gente tem diferença à sua diversidade. Um cidadão julga que tem direito a não vacinar os filhos, a levar o cão ao restaurante, à legalização da poligamia, à legalização da droga, à legalização da indisponibilidade que revela para tratar dos pais idosos. Em séries, telejornais, anúncios, filmes, palestras, um cidadão é educado para tolerar toda a diferença étnica e sexual.

Contudo, este imenso lero-lero termina na maior diferença de todas: na deficiência, em geral, e na trissomia, em particular. A sociedade que faz boicotes por causa de lavabos de transexuais é a mesma que aborta sem pestanejar bebés com trissomia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)