Siga-nos

Perfil

Expresso

Drones e eutanásia: a morte chega pela net

Há cerca de um ano, Mafalda Anjos publicou na “Visão” uma reportagem sobre a morte que chega por correio. Em Portugal, a eutanásia é ilegal, mas através da net é possível encomendar um kit eutanásico: ele chega do estrangeiro via correio, uma caixa de cartão como a da Amazon, mas, em vez do último Naipaul, vem lá dentro a injeção letal que o cidadão pode administrar no seu apartamento de Miraflores.

É um caso, entre muitos, que revela um fenómeno que tem sigo negligenciado pelas nossas sociedades: a net desarma a lei, criando uma bolha ilegal e potencialmente imoral ou, pelo menos, amoral. O mundo físico e analógico, onde de facto vivemos, está desarmado perante o tal mundo virtual e viral. “Viral” não no sentido das partilhas de facebook, “viral” no sentido de doença, de corpo estranho que infeta o hospedeiro. Passa-se o mesmo com drones.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)