Siga-nos

Perfil

Expresso

A democracia é só uma parte da república

Há um efeito positivo gerado por este vaga nacionalista e democrática representada por Trump, Brexit e Le Pen: o mainstream cultural percebeu finalmente que a democracia não é a base da liberdade; a democracia só determina quem manda, não determina as regras da liberdade; a república e o direito natural são sagrados, a democracia não. Mesmo com a vitória, mesmo com as duas casas do Congresso, Trump não consegue fazer o que quer graças a esta divisão clássica que importa recuperar.

Passar-se-ia o mesmo com Le Pen caso ela tivesse vencido ontem. E será assim caso ela vença em 2022 (a Frente Nacional passou de 17% para 33% em quinze anos). Portanto, antes de comemorarmos a vitória eleitoral de Macron, devíamos comemorar a força da ideia de República, que não depende de vitórias ou modas eleitorais. Talvez agora o mainstream cultural descubra finalmente o poder intelectual de homens como Tocqueville, Constant ou Montesquieu – só para ficarmos pelo mundo francófono.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)