Siga-nos

Perfil

Expresso

Marcelo, a melhor offshore de Salgado

Marcelo não tinha noção do papel que ocupava como comentador. Marcelo não tem agora noção do lugar que ocupa como Presidente. Marcelo não tem respeito pelos limites do semi-presidencialismo, tal como não tem respeito pelas agências independentes de controlo e fiscalização como o Conselho de Finanças Públicas.

Marcelo já nos deu vários momentos terceiro-mundistas, mas nada supera a forma como atacou Teodora Cardoso. Atacou na hora e sem pensar, atacou de forma epidérmica, como se fosse um mero porta-voz do governo. Concordasse ou não com Teodora, o papel do Presidente só podia ser um: defender a dignidade institucional do Conselho de Finanças Públicas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)