Siga-nos

Perfil

Expresso

Soares e o circo

Não irei esquecer tão cedo. A agonia de Soares foi transformada num espectáculo. A partir do momento em que o ex-Presidente caiu na cama do hospital, montou-se o circo: câmaras de televisão, directos só para encher, senadores sem gravitas senatorial discursando banalidades e revelando “profunda tristeza” à frente dos microfones e holofotes. Estes famosos da política até pareciam aqueles famosos do socialite que recebem cachet para “aparecer” em “eventos”.

Não vemos televisão cá em casa. Gostamos de nos manter informados. Mas foi impossível escapar por completo ao espectáculo. Em qualquer café ou restaurante, as televisões acesas bombardearam a atmosfera com aquela roda-vida em redor de um homem moribundo – até ao ponto da saturação. Jogou-se ao Pedro e o Lobo com a morte de Soares. Quando a morte chegou por fim, já não era notícia. Era quase paródia. Soares não merecia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)