Siga-nos

Perfil

Expresso

Democracia a mais é liberdade a menos

Os homens que pensaram o mundo onde ainda vivemos, Kant, Hume, Madison, Hamilton, entre outros, faziam questão de separar os dois conceitos: uma república não é uma democracia. O termo “república” deve ser aqui entendido no sentido lato. Uma monarquia constitucional pode ser uma república, isto é, um regime que nos eleva acima do caos da democracia, um regime que filtra a democracia através de instituições, regras e direitos que não dependem da vontade popular ou de modas momentâneas.

Numa altura em que as repúblicas europeias estão a cometer suicídio com o veneno da democracia directa (referendos), convém recordar esta velha lição, até porque a internet e as redes sociais são uma perigosa alavanca da democracia pura, instintiva, populista. O verdadeiro nome do tal “populismo” de que tanto se fala é “democracia”, a democracia directa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)