Siga-nos

Perfil

Expresso

Porque é que a esquerda está a desaparecer?

Se olharmos para o que se passa nos três grandes países europeus, há um dado que salta à vista de quem ainda não entrou no pós-verdade: a esquerda está numa posição desesperada e os grandes duelos intelectuais e políticos ocorrem entre duas direitas, um centro-direita patriota e uma extrema-direita nacionalista. Quem é que pode travar o brexit? O partido conservador. Quem é que pode parar Le Pen? Os gaulistas. Quem é que pode travar a emergente extrema-direita alemã? Merkel. Onde é que está a esquerda?

Porque é que a esquerda não é capaz de capitalizar a mais profunda crise da economia de mercado ocidental desde os anos 20? Porque é que é o nacionalismo de direita, de Trump a Le Pen, que capitaliza os votos dos deserdados deste capitalismo?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)