Siga-nos

Perfil

Expresso

A educação de Catarina

O poder educa. Catarina Martins está diferente. O Bloco de Esquerda está diferente, até engole sapos maquiavélicos que destroem a presunção de superioridade moral, até suja as mãos no baixo mundo da matéria. Celebre-se, portanto, estas mãos curtidas pelo poder. Sim, é verdade que o BE continua a defender políticas erradas, perigosas e, por vezes, imorais, mas esse é o seu direito dentro de um quadro pluralista.

O ponto é outro, a diferença está num lugar mais profundo: os bloquistas ainda se vestem como se estivessem a beber jolas no pátio da FCSH ou na coutada de Boaventura em Coimbra, mas já falam em “negociação”, “acordo”, “compromisso”. No meio do ramerrame da agenda noticiosa, esta mudança não tem sido salientada com o devido destaque.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)