Siga-nos

Perfil

Expresso

PCP e BE têm as mãos sujas (celebremos)

  • 333

Comunistas e bloquistas mergulharam as mãos de virgens ofendidas no lodo do poder. É caso para celebrar. PCP, BE e PS envolveram-se em negociações para apresentarem um orçamento que aumenta impostos através da famosa máxima de António Costa, taxas e taxinhas. É uma novidade histórica que não pode ficar esquecida na agenda mediática.

Durante décadas, PCP e BE não aceitaram participar em negociações; encaravam a normal negociação parlamentar como uma vil jogada palaciana dos partidos lacaios do sub-imperialismo europeu. Entre Outubro de 2015 e Outubro de 2016, estes pruridos desapareceram. Agora, comunistas e bloquistas já não podem rasgar as vestes. Estão no perímetro do poder, do compromisso, da negociação. Já não podem dizer aos portugueses que “eles” (PSD, CDS, PS) é que são os culpados. Agora, PCP e BE também fazem parte do “eles”. Celebremos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)