Siga-nos

Perfil

Expresso

Sim, é golpe. Chama-se democracia

  • 333

Marcos Cláudio Lula da Silva, filho adoptivo de Lula da Silva, candidatou-se a vereador em São Bernardo, cidade do estado de São Paulo com 800 mil pessoas. A campanha cantou o seu maior cartão de visita, é o filho de Lula, é o filho do nosso pai, é o filho do messias redentor que caminha sobre o esterco da corrupção sem sujar o mindinho.

Resultado? Marcos obteve mil e quinhentos votos (1500) num círculo eleitoral com quase um milhão de habitantes. Teria tido melhor resultado se tivesse gritado que era Marcos Nosferatu. Ficou na 58ª posição. Esta é a história que define o momento no Brasil: sim, há golpe, mas é o golpe da democracia dos brasileiros reais e não do idealizado Povo da esquerda.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)