Siga-nos

Perfil

Expresso

O Brexit em Downton Abbey

  • 333

É famosa aquela tirada de Mao Zedong: ainda é cedo para avaliarmos as consequências da revolução francesa. Olhando para a retórica romântica e imprecisa do Brexit, apetece refazer a frase da seguinte forma: ainda é cedo para avaliarmos as consequências do fim do império britânico, visto que ainda estamos a passar por elas. O Brexit é o zénite da obsessão britânica do pós-guerra: o que fazer depois de perdermos o império? Qual é o nosso papel no mundo?

O problema é que a pergunta não faz sentido; o Brexit é uma resposta para uma pergunta inútil. "Qual é o nosso papel no mundo?” era uma pergunta para a velha sociedade aristocrática e imperial que abanou em 1914 e que caiu em 1945. A pergunta há muito que deixou de fazer sentido por duas razões.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)