Siga-nos

Perfil

Expresso

Nuno Markl, censura e auto-censura

  • 333

O problema do caso “José Cid versus transmontanos” não está nem nas declarações do cantor nem na reacção pidesca das massas do facebook. O problema está na reacção dúbia de Nuno Markl, que revela a autocensura típica do tempo. Markl garantiu que ama Trás-os-Montes e pediu desculpa por se ter rido dos desvarios do José Cid. Lamento, mas isto não é nada.

Tendo em conta que estamos perante alguém que vive da liberdade crítica e criativa, Markl ficou aquém dos mínimos, mostrando que já pensa dentro das balizas da autocensura produzida pelo Facebook e afins. Com ou sem amor por Trás-os-Montes, Markl não devia ter pedido desculpas e, acima de tudo, devia ter protegido o seu convidado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)