Siga-nos

Perfil

Expresso

O Facebook paga menos impostos do que a padeira

  • 333

Crickhowell não é Chiapas, até tem ar de Cascais ou Colares. Sucede que nesta próspera e pacífica Colares galesa os comerciantes organizaram uma campanha contra as off-shores e contra a evasão fiscal das multinacionais. Os pormenores da história estão na revista do Expresso de sábado numa reportagem de Alexandra Carita. Aqui quero apenas sublinhar a imoralidade geral da situação: companhias como o Facebook pagam menos impostos do que funcionárias de uma simples padaria de Crickhowell. Não percebi se as contas são referentes ao condado, ao País Gales ou a Grã-Bretanha, mas isso é um pormenor.

O que conta é este absurdo tão imoral que chega a ser cómico: através da falta de transparência anti-liberal deste capitalismo (o labirinto das off-shores e das regras fiscais), o Facebook consegue pagar menos impostos do que uma padeira galesa. Lamento, mas a contestação a esta pornografia fiscal exige uma resposta do centro, sobretudo do centro-direita. Esta não pode ser uma causa exclusiva dos revolucionários de esquerda como a Czarina Martins e de direita como Donald Trump.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)