Siga-nos

Perfil

Expresso

O Reino Unido precisa de nós, nós precisamos do Reino Unido

  • 333

Há demasiado aparelho especulativo e reduzido aparelho analítico nas discussões europeias. O que quero dizer com esta pedantice kantiana? Que os europeus em geral discutem os problemas numa atmosfera intelectual que despreza a realidade. No momento histórico marcado pelo declínio da Europa em geral, uma discussão sobre a saída voluntária de um país da UE é um pouco caricata e reveladora de uma atmosfera paroquial e mitológica.

Também há um fechamento da mente britânica. E, neste festival de paroquialismo, quem paga as favas é a UE, saco de pancada à esquerda e à direita. O problema é que os ataques à UE são uma forma de esconder a dura realidade que demora a entrar no orgulho britânico e europeu: em 2016, as potências europeias, França, Reino Unido e França, contam pouco de forma isolada. Não estamos em 1916.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI