Siga-nos

Perfil

Expresso

Porque é que os alunos estão cada vez menos inteligentes?

  • 333

Não podemos destruir a internet, mas temos de a controlar de alguma maneira

Falar com amigas que dão aulas é o mesmo que ouvir queixas sobre o nível intelectual dos alunos. Da primária até à universidade, parece que o homo sapiens está a ficar menos inteligente. A epidemia é geral. É assim em Portugal, EUA, países europeus. Quando falo com empresários ou chefes responsáveis pela contratação de gente nova, a queixa é parecida. Não se interessam por nada, não conseguem pensar sem o apoio do professor ou da Internet, copiam coisas banais da rede, não leem, vivem na Lua sem qualquer noção da realidade, não têm memória ou cultura, vivem dependentes dos resultados de uma pesquisa Google. “Nunca foram tão fracos em termos médios” é a opinião geral entre professores e recrutadores.

Há aqui um evidente paradoxo. Nunca foi tão fácil encontrar informação, nunca foi tão fácil ler livros, ver filmes, ouvir a melhor música do mundo ou ver os melhores documentários de sempre.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI