Siga-nos

Perfil

Expresso

Dos fracos reza a história

  • 333

Marcelo, PCP e António Costa estão numa posição de fraqueza. Para começo de conversa, Marcelo é o Presidente eleitoralmente mais fraco da história da III República. Eanes, Soares e Sampaio receberam na sua eleição (não falo da formalidade da reeleição) cerca de 3 milhões de votos. Cavaco em 2006 recolheu 2 milhões e 700 mil votos.

Agora Marcelo consegue 2 milhões e 400 mil numa eleição com uma abstenção na casa dos 50%. Um Presidente eleito com abstenção de 50% é um Presidente diminuído, porque estamos a falar de uma eleição directa. Nas legislativas, nós não elegemos um primeiro-ministro, mas sim uma câmara representativa. Nas Presidenciais, elegemos directamente um homem, logo a abstenção é aqui mais penalizadora para a legitimidade política.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI