Siga-nos

Perfil

Expresso

Não dá para desligar a internet?

  • 333

Marisa Matias lançou uma piada (bastante boa, diga-se) sobre o Sporting; uma legião de lagartos, que está para o humor como Jorge Jesus está para a gramática, não gostou da piada e exigiu por essa net fora um pedido de desculpas ou talvez a deportação para a Sibéria da candidata presidencial do BE. Matias lá teve de perder tempo para explicar o conceito de “piada” à agremiação das viscondessas.

Por falar em viscondes e sangue azul, Bruno de Carvalho lançou uma piadinha taberneira sobre árbitros e brejeirices homossexuais. Com a previsibilidade dos cãezinhos de Pavlov, associações gays não gostaram da piadola e exigiram não sei o quê ao Presidente do Sporting, e quiçá outra deportação para a Sibéria. Não me levem a mal, mas tenho de perguntar: não dá para desligar a internet? Não dá para “desinventar” esta máquina que se assemelha cada vez mais a uma fábrica de censores e de gente incapaz de encaixar piadas com ou sem graça?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI