Siga-nos

Perfil

Expresso

Porque é que o trintão português não sai de casa dos pais?

  • 333

Talvez fosse inteligente mudar já a premissa da pergunta: porque é que o trintão português não sai da casa da mamã? É que a questão não é económica, não está relacionada com desemprego ou oportunidades de carreira, não está no bolso, está na cabeça ou talvez no coração. Com a ajuda da avó, a mamã portuguesa estraga com mimos e roupa lavada o rapazola que já devia ter saído de casa. Não, não comece a abanar a cabeça porque é verdade.

Na palhota ou no palácio, a minha geração ainda foi educada no velho molde oitocentista: o menino não devia aprender a lida da casa; um rapaz a estender roupa era sinal inequívoco de mariquice; estrelar um ovo estava ao nível da física atómica. Ao invés, a menina tinha de aprender tudo, assumia-se que a lide da casa era da sua exclusiva responsabilidade mesmo se trabalhasse fora de casa. É por isso que Portugal ainda tem uma assimetria terceiro-mundista no campo da partilha do trabalho doméstico. Elas trabalham 5 horas por dia em casa. Eles “ajudam” pouco mais do que uma hora. Não macem o rapaz com loiça por lavar ou fralda por mudar, que ele não pode perder um minuto com minudências.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI