Siga-nos

Perfil

Expresso

Não, não devemos financiar a nova Mesquita em Lisboa

  • 333

A Câmara de Lisboa já deu dinheiro ao movimento protestante da Grande Lisboa? Já distribuiu milhões para a construção de templos cristãos das diferentes ramificações do protestantismo que, no seu conjunto, têm com certeza mais crentes do que a comunidade muçulmana? Que eu saiba não. Os evangélicos portugueses vivem a sua fé em garagens, caves ou armazéns em zonas recônditas e sem o apoio de ninguém. Mas agora a Câmara de Lisboa vai gastar três milhões de euros na construção de uma nova Mesquita na Mouraria.

Não mereciam os protestantes um acolhimento da política “multicultural” do edil da capital? Vamos supor que os meus amigos baptistas chegavam junto da Câmara para pedir meio milhão destinado à requalificação das garagens onde realizam os seus cultos, invocando para o efeito que uma garagem não é um local adequado para a prática religiosa. Qual seria a reacção da Câmara de Lisboa? Não é difícil de imaginar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI