Siga-nos

Perfil

Expresso

É claro que há relação com o Islão

  • 333

Uma coisa é dizer que todos os muçulmanos são potenciais terroristas, outra coisa é recusar ver ligações entre os grupos terroristas e o islão. A primeira é um excesso de raiva, a segunda é um excesso de cobardia que dura há quinze anos. É claro que existe relação entre o terrorismo islamita e o islão, até porque Maomé, ao invés de Jesus ou Buda, foi um líder militar que matou com as próprias mãos.

Mas não é este islamismo wahhabita ou qutbista uma versão truncada do Islão? Vamos assumir que sim. Seja como for, é uma versão considerada legítima por uma parte considerável das populações muçulmanas. Não é por acaso que o mundo muçulmano está em guerra em todas as suas fronteiras, ataca Paris e Mumbai, mata crianças na Nigéria, mata universitários no Quénia, mata tudo no Paquistão.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI