Siga-nos

Perfil

Expresso

Orgulho em ser de direita

  • 333

Nunca me passou pela cabeça escrever algo assim. Orgulho não é a sensação que me suporta quando penso nas minhas crenças políticas. Aliás, este orgulhoso sentimento tem traços esquerdistas. As boas almas de esquerda é que batem no peito quando dizem “esquerda”, seguindo assim um sentido marcial de pertença, como se fossem soldados de um exército de linha.

A direita, por definição, não é um exército de linha, é mais um bando disperso de milícias que se junta por necessidade e que encontra o seu orgulho noutros círculos da vida, na fé, na família e nas centenas de actividades que a liberdade privada nos garante. Até será discutível apresentar a fórmula “ser de direita”. Porventura, faz mais sentido dizer “estar à direita” (uma posição) por oposição ao “ser de esquerda” (uma essência).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI