Siga-nos

Perfil

Expresso

Porque é que gostamos da Haka?

  • 333

A minha mãe acha que o futebol é um instrumento inventado por Belzebu para desviar a atenção masculina das mulheres. Mas até a minha hiperbólica progenitora gosta de Mundiais ou Europeus de futebol por causa dos hinos nacionais. Fica presa neste quadro: jogadores que choram a cantar o hino, jogadores que rangem os dentes para não chorar, os uivos enlouquecidos das bancadas. Ela vai à sua vida mesmo antes dos jogos começarem, nunca viu um jogo, mas aquele fresco de emoção nacionalista nunca lhe escapa.

Ora, eu faço a mesma coisa com os Mundiais de Rubgy. O jogo não me cativa, nem o entendo, sou uma espécie de boi futeboleiro a olhar para um palácio oval. Contudo, há dois momentos que tento não perder: a emoção do hino (ainda mais intensa do que no futebol) e a Haka. Às vezes, até dou por mim a ver Hakas no youtube. E estou certo que milhões de pessoas sentem o mesmo que eu: apesar de não ligarem pevide ao rugby, sentem um fascínio visceral pela Haka. Porquê?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI