Siga-nos

Perfil

Expresso

Façam lá o governinho de esquerda

  • 333

No dia 10 de Outubro, ainda pensava que existia vida decente no Largo do Rato. É por isso que escrevi isto no Expresso: “Se entrar numa frente esquerdista com PCP e BE, o PS cometerá suicídio, porque o eleitorado nunca lhe perdoará essa aliança e a consequente instabilidade. O meu lado cínico gostava muito que Costa cometesse este haraquiri que secaria para sempre a Fonte Luminosa, mas julgo que o meu lado patriótico é que tem razão: Costa aprovará o orçamento Passos-Portas e ficará à espera do momento certo para o golpe fatal”.

Hoje é cada vez mais evidente que o meu lado patriótico estava a marinar em wishful thinking. Seja como for, a minha posição perante a tal Frente de Esquerda não mudou, tem oscilado entre a indignação e o cinismo. Se é verdade que denuncio a maior fraude em quarenta anos de democracia, também é verdade que me sinto tentado pelo outro lado do espelho: a fraude da esquerda pode dar à direita dez anos de poder. E, como tenho a certeza de que só a direita pode ser o motor da reforma do país (como em 1982 e 1989), tudo isto até poderá ter um final feliz.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI