Siga-nos

Perfil

Expresso

António Costa, o homem que já acreditou em alguma coisa

  • 333

José Sócrates é o homem que não acredita em nada. Em relação a António Costa, julgo que podemos fazer uma concessão no tempo verbal: Costa já acreditou em qualquer coisa. Em tempos, terá sido um político com uma ou outra crença, uma ou outra causa. Mas agora é evidente que Costa não acredita em nada. É apenas uma máquina ávida de poder que está disposta a destruir tudo à sua volta só para sobreviver, só para salvar a sua capa de super-herói da esquerda, só para não admitir a derrota mais humilhante da história da nossa democracia.

Se Sócrates perverteu todas as regras de quem ocupa a cadeira de primeiro-ministro, Costa está a perverter todas as regras de quem quer chegar à cadeira de primeiro-ministro. Não existe nada de seguro e confiável em António Costa. Nada. Zero. Até o seu rosto transmite dissimulação e logro. De repente, começa a negociar com inimigos de quarenta anos como se nada fosse.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI