Siga-nos

Perfil

Expresso

Porque é que a esquerda respira ódio?

  • 333

O ódio escorre viscoso e visceral pelas paredes das esquerdas. Odiavam as sondagens, agora parece que odeiam mesmo as eleições e o povinho que votou na Coligação. O ódio que sentem pela “direita” é tanto que são incapazes de aceitar o resultado das eleições, são incapazes de admitir que o povo rejeitou o ungido da esquerda e, ao mesmo tempo, são capazes de inventar a charlatanice da “maioria de esquerda”. A tese que vê um parlamento dominado pela esquerda é fraudulenta, porque não é possível esquecer que o ódio, sempre ele, é há quarenta anos a moeda de troca entre as esquerdas portugueses. PS, Bloco e PCP odeiam-se entre si. Essa é, de resto, a marca específica da nossa democracia no contexto europeu.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI