Siga-nos

Perfil

Expresso

É António Costa o sonho de Francisco Louçã?

  • 333

Nunca irei esquecer a reportagem que Márcia Rodrigues (RTP) fez na noite das presidenciais americanas de 2008 na sede de campanha dos republicanos: lá fora, o mundo inteiro já sabia que Obama era o novo Presidente, mas lá dentro, no hotel republicano, ninguém queria acreditar nessa hipótese; aquela sala passou a ser um bunker narrativo que protegia os republicanos da realidade, “não, não isso não é possível”, diziam. No último domingo, o Altis socialista fez-me lembrar esta cena. Os socialistas fecharam-se no seu bunker e recusaram encarar a realidade. Bateram palmas, cerraram punhos, uivaram à chegada de um patético António Costa que, embalado por aquela bolha lisboeta, fez o discurso mais bizarro da história da nossa democracia: falou como se tivesse vencido.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI