Siga-nos

Perfil

Expresso

Não precisamos de Le Pen. Temos a extrema-esquerda

  • 333

Um primo emprestado costumava votar PCTP/MRPP porque achava piada ao Garcia Pereira, porque ele era genuíno e autêntico como o queijo da serra!, porque fazia parte da mobília da pátria! Na resposta, dizia-lhe sempre a mesma coisa, olha que estás a votar num partido revolucionário que – caso tivesse as condições objectivas para tal - recorreria à violência para te bater, prender ou matar; é essa a linha de acção dos partidos da tradição do PCTP/MRPP. Invariavelmente, a contra-resposta passava por dizer que eu estava a exagerar, então não vês que ele é tão puro, quase fofinho?, voto nele pelo pagode! Mas agora parece que o pagode acabou.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI