Siga-nos

Perfil

Expresso

Refugiados: não há solução

  • 333

A palavra “tragédia” é corrompida todos os dias pelo coro melado da comoção. Uma tragédia não é apenas um mero cenário de dor e desumanidade, é outra coisa. A situação trágica só nasce quando percebemos que um problema não tem solução, quando constatamos que qualquer saída implica ainda mais dor e desumanidade. E o problema dos refugiados é a tragédia perfeita: não há solução, ou melhor, todas as opções são devastadoras. Na fonte (Médio Oriente) qualquer solução de estabilidade implica mais guerra. Na foz (Europa) nenhuma solução resolverá o problema que ficará a pairar sobre as nossas cabeças como um círculo de abutres. Levantar muros não é solução, sim senhor, mas fingir que podemos acolher de repente milhões de pessoas também não é argumento.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI