Siga-nos

Perfil

Expresso

O mundo virtual não é a salvação

  • 333

Vale a pena voltar ao tema. A obsessão ocidental com a internet e o software criam um mundo interior que suga a inventividade e o espírito aventureiro. “Navegamos” no mundo virtual, deixando de lado a navegação real no mundo físico. Na poltrona da nossa sala, temos ziliões de bites que nos permitem fingir que estamos dentro de um avião, mas a aviação comercial de 2015 voa mais ou menos à mesma velocidade da avião comercial de 1965. Esta obsessão com o mundo interior e virtual até cria situações que, apesar de graves, são grandes comédias. Exemplos? Os EUA estão a preparar o F-35, o avião mais sofisticado da história; o seu software é um prodígio de programação virtual. Sucede que os EUA dependem da China para a construção do F-35 porque se esqueceram de um pormenor: antes do mundo virtual existe o mundo físico, e sem metais (ex.: Terras Raras) não há aviões ou computadores. O hardware não é um pormenor.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI